Como criar um blog de sucesso em pouco tempo – Parte I

26/03/2017

por Andressa Russo

Como começar um blog do zero e obter bons resultados em pouco tempo?

Essa é uma pergunta muito comum entre todas as pessoas que sonham em fazer parte do mundo dos blogs e adquirir sucesso, reconhecimento, ótimos resultados ou simplesmente todas essas opções juntas.

Existem mais de 1,1 bilhões de websites sobre os mais diversos assuntos na internet e essa informação não é para deixar você desanimado, pelo contrário. Assim como existe uma infinidade de blogs sobre os mais variados temas, também existe uma infinidade de públicos dispostos a dedicar parte do seu tempo à leitura destes blogs.

Você pode achar que começar um blog do zero é uma tarefa impossível e que ser reconhecido em meio a milhares de websites é uma questão até mesmo de sorte. Se você pensa assim, sinto em dizer que está errado!

De fato, não existe um método mágico que irá tornar você e/ou seu blog o mais conhecido e aplaudido logo após sua criação, entretanto, existem dicas revolucionárias que garantem um melhor desempenho de seu website, assim, somando essas dicas a paciência e trabalho duro, os resultados irão aparecer mais cedo ou mais tarde te enchendo de orgulho.

Seja um blog de cunho profissional que visa alavancar um negócio ou um blog para ser usado como hobby, você pode fazer deste uma ótima ferramenta que abrirá inúmeras possibilidades em um futuro próximo.

E para te ajudar, começarei aqui a primeira parte de uma sequência de três artigos que explicarão sobre todo o processo de criação de um blog para que você possa começar ou aprimorar o seu hoje mesmo sem precisar ser um expert no assunto.

Nessa primeira parte você irá aprender sobre:

  • Onde buscar inspiração.
  • Como escolher o tema do blog.
  • A escolha do nome.
  • Qual plataforma usar: Blogger x WordPress
  • O Design correto para seu blog.
  • Buscando inspirações.

Seja qual for o motivo de estar projetando a criação de um blog, você já deve ter em mente todos os assuntos que quer abordar, certo?

Entretanto, a ansiedade e empolgação pode acabar te deixando perdido em meio a tantas possibilidades disponíveis ocasionando um bloqueio criativo. De repente você não sabe o que fazer e todas as opções parecem boas ou ruins demais.

Para fugir dessas limitações, além de uma boa organização como: Escrever todas as suas ideias em um papel, analisá-las, dedicar um tempo só para tratar do blog, etc. Também é necessário conhecer pessoas e websites com o mesmo interesse que os seus.

Como você deve fazer:

  • Anote ao menos 5 assuntos que você gosta bastante e tem muito interesse em escrever sobre.
  • Separe um tempo e comece a pesquisar o máximo de blogs que abordem exatamente esses assuntos que você escolheu.
  • Entre também em grupos no Facebook e Google+ e peça que as pessoas enviem seus blogs que contenham um ou mais dos 5 assuntos que escolheu acima.

Pronto, agora você vai visitar cada um deles com olhar crítico. Pense no que poderia aderir ou não, quais formatos mais te agradaram e quais você não se identificou.

É nesse momento que sua mente começará a processar informações suficientes para facilitar a escolha de seus assuntos preferidos, a forma de escrita, as cores, os símbolos, etc.

IMPORTANTE:

Não estou falando de imitação. Cada blog leva um longo tempo de esforço para atingir o nível que tem, não é correto nem justo que o conteúdo ou design seja simplesmente copiado.

A inspiração consiste em estimular sua mente a gerar novas ideias e eliminar antigas que a partir de suas pesquisas irão perdendo "credibilidade" em sua cabeça.

Agora ficará muito mais fácil e rápido escolher os assuntos que você irá abordar. Está na hora de irmos ao segundo passo e escolher o tema do seu mais novo blog.

Escolhendo o tema ou seguimento do blog

Se você seguiu o passo acima, então significa que já está cheio de inspirações e anotou seus assuntos preferidos. Enfim, você já tem ideias bem mais claras sobre o que quer falar ao seu público.

Agora separe ao menos três temas preferidos (supondo que você selecionou cinco ou mais anteriormente) e lembre-se de que isso fará parte da sua vida daqui para frente.

IMPORTANTE:

Antes de irmos adiante você precisa saber que para facilitar os acessos e levar mais público ao seu blog, além de ter um ótimo domínio sobre o que deseja abordar, é interessante trabalhar com o processo de segmentação.

Ou seja, você pode falar de moda e beleza tendo que gerar uma vasta quantidade de conteúdos para abranger todas as categorias ou simplesmente segmentar e escolher, por exemplo, falar só sobre cabelo, maquiagem, calçados, etc.

A segmentação irá te ajudar a criar um conteúdo bem mais completo e atrair um público fidelizado. Se precisam daquilo que você está oferecendo vão diretamente até o seu blog.

Hora de voltar a escolha do tema.

Analise os três temas escolhidos a partir dos seguintes pontos:

  • Você tem alto domínio sobre ele?
  • É bastante procurado?
  • Existem uma grande quantidade de ideias acerca dele?
  • Tem possibilidades de criar um diferencial?

Depois de obter as respostas para todas as perguntas acima, veja quais dos temas você mais obteve resultados positivos.

Seja realmente crítico nesse momento e lembre-se: Se pensou em outros temas durante esse processo faça as mesmas perguntas até a resposta ser "sim" para todas ou a maioria delas.

Agora que você achou um assunto que se encaixa perfeitamente em todos os pontos necessários, significa que é hora de focar apenas nele e aprofundá-lo.

Escrever com inteligência atrai o público, escrever com sabedoria os mantêm, escrever com paixão os fideliza.

Imagine se você usar todos esses recursos juntos?

Tema escolhido? Hora de irmos para o próximo passo.

Escolhendo um nome

O nome do seu blog será o primeiro contato que terão com seu website, assim como será este nome que te acompanhará por toda a vida e por esse motivo deve ser escolhido com muito cuidado.

Antes de tudo ele precisa ser fácil de escrever, ler e falar para evitar distorções que irão te dar muita dor de cabeça depois.

Antes de começar a buscar nomes, leve em consideração alguns quesitos que podem facilitar na hora de ter as ideias como: O tema do blog, as coisas que você gosta, alguns significados e traduções que você adora e deixou guardado em algum lugar por aí, etc.

Está surgindo uma centena de nomes em sua mente, não é?

Não esqueça de ir anotando todas as suas ideias, até mesmo as absurdas, e principalmente de pesquisar se já existem. Nomes repetidos é melhor eliminar imediatamente.

Vamos agora às dicas mais importantes para a criação:

  • Nomes curtos. São fáceis de memorizar e serem pesquisados rapidamente no google.
  • Nomes em inglês: Palavras que são fáceis de serem pronunciadas e digitadas evitando trocadilhos e desentendimentos, sem contar que se for difícil de digitar não será encontrado nos sites de busca.
  • Criatividade: Não tenha medo de ousar, pense em todas as hipóteses e combinações possíveis e vá eliminando-as aos poucos.
  • Usar seu próprio nome: Se você não é famoso, dificilmente seu próprio nome irá fixar na mente das pessoas. A menos que o blog seja sobre você mesmo, não é uma boa ideia colocar seu nome nele, pois as pessoas não saberão associar ao conteúdo diminuindo assim a quantidade de acessos e busca.
  • Trocadilho: Evite palavras que tenham sons semelhantes ou iguais a outras consideradas engraçadas, pois o que deveria ser algo sério pode acabar soando como piada.

Prestou atenção em cada ponto acima? Tenho certeza que sim e agora você já tem menos opções e algumas delas com certeza está mexendo com você, então vamos as últimas observações que farão sua escolha acontecer agora!

  • Confira se o domínio (url) está disponível para que não tenha nenhum problema na hora de registrá-lo.
  • Observe se esse nome ou parte dele é bastante procurado nos sites de busca, assim mesmo sem intenção as pessoas acabarão o vendo e possivelmente clicando.
  • Repita-o em voz alta e digite várias vezes, seja crítico e sinta que tanto a sonoridade quanto a pronúncia são fáceis e memorizáveis.
  • Tenha certeza de que, acima de tudo, o nome é bom para você. Aliás, você irá falar e escrever o nome do seu blog milhares de vezes daqui em diante.
  • O que ele significa? É importante, especial ou leva uma explicação que gere alguma comoção nas pessoas? Se sim, então você está no caminho certo.

Agora ficou fácil, não é? Espero que sim!

Fique atento a cada uma dessas dicas e lembre de eliminar de imediato os nomes mais absurdos, leve o tempo que precisar para garantir que o nome do seu blog seja sempre especial e passe a mensagem correta.

É hora de adentrarmos a parte técnica do seu blog.

Qual plataforma usar: Blogger x WordPress

Até o passo número 3 você aprendeu sobre inspiração, escolha do tema e escolha do nome. Chegou a hora de dar início a criação de fato do seu blog e escolher a plataforma que irá usar para publicar seus conteúdos na web.

Existe uma certa variedade de criadores, entretanto, os mais populares são: Blogger, WordPress e Tumblr.

Quando focamos no Brasil e nos blogs mais populares e conhecidos por aqui, chegamos à conclusão que o ideal é escolher entre: Blogger ou WordPress.

E para ter certeza que você fará a escolha certa, vou explicar como funciona cada um deles.

Blogger

Hospeda seu blog de forma gratuita nos servidores do google, é bem mais fácil de usar e possui uma interface bastante intuitiva. Assim, você não precisa ser um expert em HTML para desenvolver seu website.

Em resumo, basta selecionar seu template favorito, adicionar alguns widgets de sua preferência que são disponibilizados pelo próprio Google e personalizá-lo deixando-o pronto para começar a usar.

O nome do seu blog, nesse caso, ficará da seguinte maneira: www.nome-do-seu-blog.blogspot.com e para que o final fique apenas com ".com" ou ".com.br" precisa comprar um domínio em algum site de confiança com valores que podem custar em média R$40,00 por ano.

A plataforma também oferece a possibilidade de usar o google adsense, um programa de afiliados da google onde você inscreve seu blog e a partir daí anúncios serão exibidos em sua página e você receberá um percentual em dinheiro por isso.

A adesão ao serviço é gratuita e existem milhares de anunciantes interessados em exibir publicidades dessa maneira.

Algumas observações...

O blogspot ou blogger, tem determinadas limitações por toda a assistência gratuita que oferece. Sendo mais direto, você tem fácil acesso a plataforma, mas a personalização vai até certo ponto deixando a desejar quando se trata de uma aparência mais "profissional".

Se seu intuito é usar o blog como hobby ou por enquanto apenas se familiarizar com a blogosfera, o blogspot ou blogger é definitivamente uma ótima pedida.

Entretanto, se realmente deseja usar o blog como ferramenta de negócios ou deixá-lo bem a sua cara personalizando cada detalhe, terá de considerar as possibilidades oferecidas pelo WordPress.

WordPress

Esta é uma plataforma especializada em criação de sites/blogs e gerenciamento de conteúdo. Possui duas versões: Gratuita e Paga.

Versão Gratuita:

É bastante limitada e você acaba por não ter muito controle sobre seu blog. Há certa dificuldade na instalação e provavelmente irá precisar de ajuda para fazer as modificações que são possíveis.

Seu blog ficará como: www.nome-do-seu-blog.wordpress.com, mas também é possível comprar um domínio e troca-lo por ".com" ou ".com.br".

Versão paga:

Nesta versão você precisará aderir um plano de hospedagem e também um domínio, as vantagens nesse formato são infinitas, tendo em vista que você terá total controle sobre a customização deixando-o com uma visão profissional, além de espaço ilimitado em disco e possibilidade de plugins que darão novas funcionalidades ao seu blog.

Algumas observações...

Para ter seu blog no WordPress é indicado algum conhecimento técnico, conhecer alguém que possa ajudá-lo ou contratar um profissional que faça todo o serviço para você devido à complexidade do programa.

Se seu interesse é um site para determinada empresa ou se realmente almeja já começar aderindo um formato de "blogueiro consagrado", essa é a plataforma mais indicada atualmente e utilizada pela grande maioria das empresas criadoras de sites profissionais.

E não se preocupe que com o WordPress também há a possibilidade de monetização do blog através de afiliados, banners, links, etc.

CONCLUSÃO:

Ambas as plataformas oferecem vantagens interessantes assim como possuem pontos negativos que devem ser avaliados com calma.

Se seu blog é de início um hobby, algo mais pessoal e você não está disposto a investir financeiramente nele agora, o blogger é a melhor opção, você pode deixá-lo com uma ótima aparência e sem gastar praticamente nada por isso.

Porém, se deseja criar um blog para sua empresa ou está disposto a investir em um formato mais completo e com alta liberdade de edição, o wordpress irá lhe servir muito bem.

Ficou na dúvida?

Crie uma conta em ambos os perfis e veja o que acha das interfaces, pesquise blogs das duas plataformas e não esqueça de saber claramente qual o real objetivo do seu blog, isso facilitará na hora de decidir qual usar e enfim estará pronto para o próximo passo e com certeza um dos mais importantes: O design.

O Design certeiro.

Estudos apontam que 94% dos visitantes de blogs o abandonam devido ao design desagradável.

Leva-se 8 segundos para causar uma boa impressão e isso vale para a vida. No mundo dos websites esse tempo parece passar ainda mais rápido tendo em vista as infinidades de opções que a internet oferece.

Mesmo que você vá contratar um profissional para elaborar toda essa parte do blog, é importante estar por dentro de tudo e ter certeza que seus leitores e você mesmo se sentirá confortável com todos os elementos do website. E se é você mesmo quem vai cuidar de tudo, então a atenção deve ser dobrada.

Por onde começar?

Tanto o Blogger quanto o WordPress oferecem opções de layouts sejam eles já prontos ou que seja necessário baixar de outros sites e instalá-los.

Lembra daqueles blogs que te serviram de inspiração no primeiro passo deste artigo? Reveja cada um deles e responda as seguintes perguntas básicas.

  • Porque eles te agradaram?
  • Haviam poucas cores e tipografias no blog?
  • O layout como um todo te instigava a continuar clicando nos elementos?

Perguntas como essas te ajudam a perceber o quanto alguns detalhes que podem parecer bobos, na verdade fazem uma grande diferença para quem está visitando um blog. É sempre bom entender o que é agradável para você e se colocar no lugar de seus leitores.

O que evitar?

  • Plano de fundo escuro.
  • Muitas variações de tipografias.
  • Excesso de informações (Muitas tags e categorias, infinitas redes sociais, propaganda excessivas, etc.).
  • Muitas cores (Leia sobre a psicologia das cores).

O que não pode faltar?

  • Campo de pesquisa visível.
  • Cores e Tipografias padronizadas.
  • Categorias (Somente as essenciais).
  • Ícones com suas redes sociais atualizadas com maior frequência.
  • Um espaço para contato.
  • "Sobre mim" Com sua história e o objetivo do blog.
  • Espaço para captação de leads.
  • Artigos populares ou Mais Visitados.

Apague e refaça quantas vezes for necessário até que acima de tudo o blog seja agradável para você.

Não tenha pressa para lançá-lo até que tudo esteja ajustado da melhor maneira possível. Cada detalhe é importante e todas essas dicas somadas a um ótimo conteúdo trará resultados surpreendentes e possivelmente o tão sonhado sucesso e reconhecimento que almeja.

Gostou do nosso primeiro artigo com 5 passos de como criar um blog de sucesso? Então não esqueça de deixar um comentário aqui embaixo e compartilhar esse post com seus amigos.

Ah e fiquem atentos que em breve teremos a segunda parte com mais importantes dicas para fazer do seu blog algo extraordinário, então acompanhe a Meu Blog Pronto.

Já tem blog ou acabou de criar um e quer saber o nível de qualidade dele? É só CLICAR AQUI ou na imagem abaixo. Levará apenas 7 minutos e é totalmente gratuito.

Referências:

http://neilpatel.com/br/blog/do-zero-ao-lancamento-6-passos-para-construir-seu-primeiro-site/http://5seleto.com.br/como-fazer-um-blog-do-zero-tutorial-pratico-facil-e-passo-a-passo-completo/http://blogbits.com.br/2015/09/30/quais-as-diferencas-entre-blogspot-e-wordpress/http://midiaboom.com.br/hardnews/como-criar-um-blog/http://www.cbblogers.com/2012/11/sexto-passo-design-do-blog/